Você Sabia Quê… filho de peixe, peixinho é!

No comments

Chegando o Dia dos Pais, que acontece neste domingo, o VSQ de hoje traz alguns exemplos de como a figura paterna é determinante e importante modelo para os filhos.

São inúmeros os casos de filhos que seguiram os passos do pai ao escolher a carreira. Listamos casos  de pais e filhos brasileiros que compartilharam a mesma paixão!

DORIVAL CAYMMI E SEU CLÃ

Dorival Caymmi é uma das maiores vozes da música brasileira. Agora imagina aquele vozeirão ressoando todo dia na sua própria casa, e se não bastasse , é a voz do seu pai! Bom, foi o que aconteceu com Nana, Dori e Danilo Caymmi, filhos do compositor. Pois é, o privilégio de ter Dorival cantando cantigas de ninar ao pé da cama foi somente deles e, não à toa, os três se tornaram músicos e dos bons. Mais que uma família, os Caymmi se tornaram um clã musical!

JOAO E BEBEL

De uma coisa Bebel Gilberto não pode reclamar na vida: falta de influências musicais e culturais. Filha de João Gilberto com a cantora Miúcha, e portanto sobrinha de Chico Buarque (logo, neta de Sérgio Buarque de Hollanda, um dos maiores pensadores brasileiros), sua vida sempre esteve às voltas os meios artísticos: aos 9 anos já estava no Carnegie Hall cantando com os pais. Só não sabemos se a sorte de Bebel é maior, pois não sabemos se João tinha a sua mítica falta de humor em casa!

GONZAGÃO E GONZAGUINHA

Luís Gonzaga é famoso por todo o país como o Pai do Forró. Na vida pessoal, porém, a sua experiência como pai foi conturbada.  Seu filho, Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, o Gonzaguinha passou a infância aos cuidados de um casal de amigos, Dina e Henrique Xavier Pinheiro, pois a sua mãe, Odalea, morreu nos seus primeiros anos de idade e o pai cruzava o país fazendo shows. Mais tarde, Gonzagão se casaria novamente e sua nova esposa se recusaria a cuidar do Gonzaguinha. Pai e filho passaram quase toda sua história entre distâncias e brigas. Felizmente, isso muda, graças à uma paixão em comum: a música. Através dela, eles conseguem se reconciliar e chegaram a fazer uma turnê tocando juntos. No fim, pai e filho se entenderam.

VERÍSSIMOS

Érico Veríssimo é um dos mais importantes escritores brasileiros. A sua saga “o Tempo e o Vento” são um marco essencial em nossa literatura. No entanto, ao contrário do que se pode imaginar, Veríssimo não conversava sobre literatura com o filho. Foi o que o próprio Luis Fernando Veríssimo, autor de crônicas e contos consagrados, afirmou, e ainda disse que: “meu pai foi um dos maiores romancistas brasileiros e sua obra continua atual e importante. Tenho orgulho disso e não tenho nenhuma pretensão de igualá-lo”. Isso é perceptível pela diferença de teor da obra dos dois, enquanto a obra do pai é pautada por uma preocupação de retratar a história e a sociedade brasileira, Luis Fernando esteve muito mais voltado ao humor.

 

 

E você ? Seguiu a carreira do seu pai?

Será que o seu filho vai seguir a sua carreira?

 

Até a próxima!!

mbressan06Você Sabia Quê… filho de peixe, peixinho é!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − nove =