Você Sabia Quê…? as origens das cantiga de roda

No comments

 Há poucas coisas tão exclusivas do universo da infância como as cantigas de roda. Constituem uma parte tão arraigada das vivências desta fase e, no entanto, elas parecem se distanciar de nós com o passar dos anos. Porém, assim que uma cantiga de roda começa a ser entoada no ambiente, é impossível não se recordar dela num instante.

Certamente, há algo de misterioso e muito poderoso nessas canções.

Um dos aspectos que contribuem para que as cirandas saltem rapidamente de nossas memórias, tem a ver não apenas com sua simples compreensão e suas rimas fáceis, mas principalmente com sua universalidade. Ou melhor dizendo: ancestralidade. Pois, as cantigas de roda são um patrimônio comum à todos os brasileiros, sendo ensinado de geração para geração. Mesma que existam pequenas alterações de região para região, à grosso modo, brasileiros de qualquer idade, de qualquer classe social, podem identificar inúmeras cirandas em comum.

O imaginário presente nas melodias vai participar diretamente do repertório da criança. Não é difícil observar os pequenos, ainda bebês, tendo entre as primeiras palavras o “sapo” do Sapo Cururu (ou Jururu) ou a “barata” da Barata Diz Que Tem, entre outros. E as crianças se apegam à eles, pois as cirandas em geral contam histórias, onde animais e objetos representam os seres humanos, tem sentimentos e ações humanos (a briga do casal Cravo e a Rosa mostra muito bem isso). Fazem parte fundamental do folclore infantil.

Estas canções não tem autor definido, parecem ter mesmo vida própria e vão se alterando com as gerações e a região. No nosso caso, podemos rastrear as origens das canções, lá em Portugal, Espanha e França, mas que aqui no Brasil vão ganhando a identidade de nossa cultura.

No Cadê valorizamos a prática das cantigas de roda, tanto pelo seu valor lúdico quanto cultural e pedagógico. Podemos entrar em contato com ela em diversas oficinas como de Musicalização, Ritmos Brasileiros, entre outros. Inclusive também no PlayGroup  há cantigas de roda: são as chamadas Nursery Rhymes, de origem anglo-saxã, mas com fundamentos parecidos das nossas cirandas.

E você tem praticado cantar para  o seu filho?

Você consegue recordar as cantigas de roda que você cantava na infância?

Até a próxima!

mbressan06Você Sabia Quê…? as origens das cantiga de roda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *