Você Sabia Que…?

expo provocar urbanos

…você sabia que explorar a cidade e conhecer novos lugares, novas comunidades, novas expressões e novas vozes é uma das melhores maneiras para promovermos uma educação democrática, solidária, criativa e cidadã ?

Fortalecendo a missão de explorar a cidade com as crianças, junto com a “Missão:Astronauta” (ver https://www.cadebebe.com.br/missao-astronauta/), a brincadê, arquiteta, educadora e repórter Naia Mosse escreveu um texto sobre uma exposição muito legal que está rolando em São Paulo. É de graça e vai até 31 de julho. Confiram!

O SESC Vila Mariana está com uma exposição chamada “Provocar Urbanos: inquietações sobre a cidade”, que propõe reflexões e ações em torno do direito pleno à cidade, contemplando as dimensões coletivas, individuais, políticas e ambientais. O conjunto de artistas contemporâneos que compõem a exposição sugere aos diferentes públicos uma nova maneira de imaginar e reinventar as cidades.

Ao visitar a exposição, o Cadê se encantou com a possibilidade de interação que as obras sugerem, e mais do que isso, com o espaço que o público infantil vêm adquirindo no mundo artístico atualmente. Várias obras ali instaladas convidam adultos e crianças a se relacionarem e trazem o conceito que tanto prezamos, o brincar.

Uma das obras que chamou mais atenção é uma instalação feita a partir de materiais reaproveitados, feita pelo Coletivo Basurama (em espanhol, “basura” significa lixo; ver https://basurama.org/pt-br/). Procurando inverter a lógica residual das grandes cidades, o coletivo cria instalações para ocuparem lugares públicos, resultando em espaços alternativos de lazer, trocas, resultando em uma experiência tocante e sensível que todos deveriam explorar.”brincadeiras e reflexão. O local é destinado à experiência inter-geracional da brincadeira, convidando as crianças e suas famílias a vivenciarem a coletividade e ampliarem as relações que podem surgir na cidade.

Outra obra muito interessante para observar a maneira com que crianças interagem com a arte é a instalação Lágrimas de São Pedro, de Vinicius S.A., composta por bulbos de lâmpadas cheios d’água presos por fios de nylon ao teto em diferentes alturas. A iluminação específica em cada bulbo propõe que os espectadores reflitam sobre a chuva e a crise hídrica de abastecimento de água nas cidades. As crianças que estavam presentes foram mais do que simples espectadoras, elas interagiram com a obra andando por entre os fios e embaixo das gotas, provocando movimento na “estaticidade” do trabalho.

Por fim, a exposição possibilita um nova olhar não só sobre a cidade, mas principalmente ao lugar da criança dentro desta e de que maneira ela interage com o mundo da arte, resultando em uma experiência tocante e sensível que todos deveriam explorar.” 

Até a próxima! Espero encontrá-los no Cadê ou pela cidade!

 

mbressan06Você Sabia Que…?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *