Reabilitação para crianças saudáveis

reab7

Com muita frequência utilizo este termo (“Reabilitação para crianças saudáveis”) para citar alguns serviços que insistem em vender para as mães algo que seus filhos não precisam.

Nós mães, queremos sempre dar o melhor aos nossos filhos, e muitas vezes procuramos atividades para nossos bebês. Como toda mãe de primeira viagem e por não ser nenhuma profissional da área, não conseguimos distinguir a qualidade do serviço.

Existem algumas opções de serviços muito bons e outros nem tanto. Mas nosso incômodo é com a propaganda que alguns serviços e produtos fazem em relação ao desenvolvimento dos bebês, que dão a sensação de que se você não colocar o seu filho em alguma “aula”, ou se você não tiver aquele produto ultra tecnológico, ele provavelmente ficará atrasado.

É muito comum ouvir que com os estímulos das atividades dirigidas (leia aula para bebês) os bebês vão se desenvolver muito rápido e que isto com certeza vai contribuir para que futuramente ele seja um gênio!

reab5

Discordamos fortemente deste ponto de vista. Os bebês tem um tempo de desenvolvimento fisiológico natural. Não adianta colocar o seu bebê de 6 meses de pé 30 vezes por dia, ele não vai andar antes da sua idade fisiológica (o que, na maioria das crianças ocorre entre 10 e 15 meses).

Nós temos que entender que é preciso respeitar o desenvolvimento da criança e que cada passo vem ao seu tempo. O importante é oferecer os mecanismos necessários para a criança alcançar este potencial de desenvolvimento com saúde e alegria.

reab6

Se os adultos responsáveis por esta criança derem a ela um ambiente favorável (ou seja, um ambiente seguro com muito chão e brinquedos apropriados para sua idade, que aticem a sua curiosidade), se ela não tiver nenhuma doença neurológica, cognitiva, motora ou qualquer outro problema de saúde, e se esta criança receber amor, atenção e segurança dos pais e responsáveis, (diga-se de passagem que este afeto é extremamente necessário para que a criança se sinta segura para explorar o mundo), ela irá se desenvolver naturalmente, de uma forma saudável e feliz.

O mais importante para o bebê não é a “aula” dirigida, obrigando a criança a realizar mil vezes o mesmo movimento para ganhar força nos músculos. Nosso objetivo não é que nossos bebês sejam halterofilistas. A força muscular, destreza, percepção do espaço, a propriocepção, equilíbrio e coordenação, serão alcançados naturalmente, no seu tempo, através de um ambiente físico e emocional adequado e a partir do seu desejo e curiosidade em descobrir o mundo.

bebes110

Isso não significa que oficinas dirigidas são de todo mal. Existem atividades que são, sim, muito interessantes e que contribuem para o desenvolvimento global do bebê. Se estas oficinas (seja de arte, música, dança ou qualquer outra) forem elaboradas e pensadas no sentido de criar uma ambientação favorável para que o bebê tenha uma experiência em grupo, uma experiência com seu cuidador e uma experiência tátil e sensitiva com o seu próprio corpo e com o mundo, elas com certeza serão interessantes e trarão benefícios para todos.

E quando as crianças começam a crescer, além dos objetivos anteriores, podemos acrescentar mais alguns, como aprender especificidades e talentos manuais e corporais a partir de seus interesses e curiosidades além da sociabilização e do aprendizado de regras e limites.

reab9

Por isso, para além das oficinas dirigidas,  defendemos os momentos de brincar livre, porque desta forma o bebê e a criança terão a possibilidade de exercerem sua autonomia e criatividade e a partir daí terem um desenvolvimento físico, psíquico e motor saudável. Tanto o brincar livre quanto a atividade dirigida podem acontecer em casa, na pracinha, no quintal, ou em algum espaço especializado para isso, desde que este contorno seja respeitado.

reab12

Sabemos que nós, pais e mães, em busca do melhor para nossos pequenos, estamos sempre nos questionando e indo atrás de conhecimento sobre as diferentes formas de prezar pelo bem dos nossos filhos.

Com carinho,

maya

mbressan06Reabilitação para crianças saudáveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *