Bases Teóricas

No percurso de idealização e planejamento do Cadê, foram pesquisadas e estudadas diversas práticas e teorias com as quais nos identificamos. Nossa intenção foi criar um diálogo entre todas elas, disseminando e adaptando à nossa realidade, para sustentar, embasar e dar contorno ao nosso projeto.

Criada pela psicanalista francesa Françoise Dolto, a Maison Verte é um projeto sensível de escuta e acolhimento, cujo modelo foi reproduzido em diversas partes da França e da Europa. O projeto nasceu do desejo de Dolto de poder fazer um trabalho de prevenção, recebendo e acolhendo as famílias antes que elas a procurassem com alguma questão emocional já mais avançada.

o ano é 1945, fim da Segunda Guerra Mundial. O povoado de uma cidadezinha italiana chamada Reggio Emilia decide criar e gerenciar uma proposta pedagógica para as escolas da cidade, financiados pela venda dos materiais abandonados pelos alemães. Loris Malaguzzi, professor e pedagogo responsável pela iniciativa, traz em seu projeto uma visão única sobre a infância, a educação, e suas relações com o mundo, que valoriza e observa as diferentes maneiras que cada criança tem de interpretar e criar teorias sobre o funcionamento do mundo. Uma proposta repleta de arte, criatividade e respeito.

A experiência de Lóczy também se deu no período pós-guerra, na Húngria, em uma casa que acolhia crianças que não podiam receber os cuidados de seus pais ou familiares. Emmi Pikler, pediatra húngara responsável pelo projeto, buscou organizar o funcionamento da casa de modo que cada criança pudesse se desenvolver da maneira mais harmoniosa possível, buscando oferecer-lhes o cuidado e o conforto semelhantes aos do seio familiar. O instituto tornou-se ambiente de investigações e observações extremamente minuciosas sobre os diferentes aspectos do desenvolvimento do bebê.

A partir daí definimos 5 pilares essenciais para o Cadê:

Nossa equipe

São profissionais de diferentes áreas (artes plásticas, psicologia, teatro, pedagogia, etc.) com um foco em comum: o universo da infância - esses são os BrinCadês, pessoas que estão no piso térreo para mediar brincadeiras e atividades abertas, assim como promover o acolhimento e a troca entre as famílias.

Além disso, acreditamos que, numa instituição educacional como o Cadê, além dos brinCadês, toda a equipe - administração, limpeza, Café, marketing, recepção e por aí vai - tem seu papel educador, no sentido de compor um ambiente estimulante e acolhedor em todos os momentos, seja na chegada, nas brincadeiras, nas conversas com adultos, como durante as refeições no Café.

SE APAIXONOU? QUER PARTICIPAR?

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO
mbressan06O Cadê