Educação Aberta – Escuelas Experimentales

No comments

Resultado de imagem para escuelas experimentales argentina

Toda escola que surge com a intenção de trazer os valores como democracia, autonomia e espírito coletivo para a sala de aula merece a nossa atenção. Imagine, então, quando conhecemos a existência toda uma rede pública de escolas com um proposta pedagógicas inovadoras. A rede chamada Escuelas Experimentales (escola experimentais, em espanhol) na Argentina é, de fato, uma experiência que merece ser contada.

Tudo começou lá na década de 60 quando a artista Dorothy Ling, após se aposentar de dar aulas na universidade,  passou a reunir regularmente alguns interessados em receber aulas de música. Envolvidos pela didática e sensibilidade de Dorothy, logo a turma passou a explorar outras linguagens como a pintura e o teatro até o ponto que passaram a se tornar um centro de pesquisas pedagógicas.

Do centro de pesquisas pedagógica, Dorothy e mais duas colegas tiveram a iniciativa de fundar uma escola para crianças. E por 25 anos, a escola se manteve pelo esforço privado, contando com 100 crianças, em média, de 03 a 13 anos. Até que após o fim da ditadura argentina, em 1984, o Ministério da Educação convidou Dorothy e sua equipe para implantar seu projeto em nível nacional.  A exigência da equipe: liberdade. E, dessa forma, a experiência começou a espalhar pela Argentina, tendo hoje 25 escolas pelo país e um instituto de formação com base nos princípios das Escuelas Experimentales.

Bom, essa é uma idéia inspiradora para os nossos governantes, não?

Até a próxima!

Para quem quiser saber mais sobre o projeto argentino, dê uma olhada nesse link abaixo. Imperdível!

https://educ-acao.com/wp-content/uploads/2013/10/LIVRO_Educacao.pdf

 

 

Caio AndreucciEducação Aberta – Escuelas Experimentales

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *